Indignados à brasileira ocupam Brasília

Veja que os indignados brasilienses não têm o charme e a beleza dos acampados em Madri, em Nova Iorque, em Londres, em Tel Aviv, em Washington.

São esmulambados, desdentados, descamisados e descalços.
Ninguém aparece para levar alimentos, medicamentos, agasalhos. Nem tendas para acampar. Que o brasileiro não é solidário.

Freedom Praza, Washington

Freedom Praza, Washington
Puerta del Sol, Madri
Puerta del Sol, Madri
Tel Aviv
Tel Aviv
Londres, escadas da cadetral de St. Paul
Londres, escadas da cadetral de St. Paul

Os indignados brasileiros são sem teto, sem nada, porque Brasília teve uma sucessão de governadores ladrões, que comandaram legiões de vampiros e lobisomens, de fantasmas e outras almas sebosas que perambulam pelos 1001 palácios da Capital do Brasil.

Pobreza na Matriz é diferente. Ser pobre no Brasil não é a mesma coisa que ser pobre nos países que têm montadoras, oficinas, bancos, latifúndios e empresas no Brasil. Filial é filial. Colônia é colônia. Matrix é matrix.

Esta foto é de um acampamento em Brasília. A cara da nossa miséria. Retrato de nosso atraso. Clique no fac-símile da capa do Correio Braziliense para ver mais crueldade.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s