LEI FICHA LIMPA. LEI REJEITADA PELO STF

Movimento anticorrupção não pode ser realizado por uma OAB que defende a blindagem dos advogados de porta de palácio. Que acha ético receber honorários sem perguntar a origem da grana.

Nas marchas de hoje contra a corrupção, pediram uma Lei Ficha Limpa. Ora, ora, ela já existe. O Congresso fez a parte dele.

O Projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados no dia 5 de maio de 2010 e também foi aprovado no Senado Federal no dia 19 de maio de 2010 por votação unânime. Foi sancionado pelo Presidente da República, transformando-se na Lei Complementar nº 135, de 4 de junho de 2010. Esta lei proíbe que políticos condenados em decisões colegiadas de segunda instância possam se candidatar.

Esta Lei foi originada de um projeto de lei de iniciativa popular que reuniu mais de 2 milhões de assinaturas. Conheça a história 

Apenas um poder da República é contra este Projeto de Lei Popular: o Supremo Tribunal Federal.
É o STF contra 2 milhões de brasileiros.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s