Fux defende o CNJ com poder

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux disse ontem que é “impossível” imaginar o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sem o poder de punir magistrados que cometeram irregularidades. “Ninguém pode imaginar o Conselho Nacional de Justiça sem poder. E é impossível que ele não possa punir juízes faltosos”.

Poder é ou não é.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s