Chile usa gás tóxico contra estudantes

A polícia de Pinochet voltou com todo gás no Chile. Tá num prende e arrebenta igual aos tempos do Cone Sul dos ditadores militares.

Inclusive mata.

Usa todo tipo de arma antimotim para dispersar multidões. Agora inovaram o terrorismo estatal com uma nova arma: gás tóxico. Lembra Hitler.

Uma das vítimas foi Camila Vallejo, ícone do movimento estudantil no Chile e outros países.

Veja o atentado

Compare as fotos

Camila Vallejo sobre el asesinato de un menor: “no es suficiente dar de baja al policía”
Tras confirmarse que la bala que asesinó al menor Manuel Gutierrez (16 años) salió del arma de un efectivo del Cuerpo de Carabineros (Policía).

“En esto no basta con dar de baja a unos carabineros, hay una responsabilidad política que se debe asumir, porque no son casos aislados, sino una política institucional”, afirmó la dirigente.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s