Corrupção. Brasil no nível mais baixo

Para acabar com a corrupção é preciso acabar com o foro especial, criado por Fernando Henrique, no último mês do seu oitavo ano terminal de governo.

O foro especial consolidou o poder supremo de uma justiça absolutista, secreta, que não prende nenhum ladrão de colarinho (de) branco. Um foro que favorece os bandidos especiais no executivo, no legislativo e no judiciário.

O combate `a corrupção começa na Justiça Justiça.

Manifestações populares no Sete de Setembro demonstraram contrariedade com a impunidade no país

Caxias do Sul/Pioneiro – Veio de um político gaúcho a frase mais expressiva dos protestos que competiram com as celebrações de Sete de Setembro pelo país. Em ato no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil em Porto Alegre, ontem à tarde, o senador Pedro Simon (PMDB) sugeriu que a sociedade não espere grandes mudanças da classe política, do Executivo ou do Judiciário e se mobilize para acabar com a corrupção e a impunidade.

– O Brasil nunca foi modelo de seriedade na administração pública, mas nunca chegou tão baixo – afirmou o peemedebista em relação à ética e à moral, ao que foi bastante aplaudido.

No ato, que contou ainda com a participação da senadora Ana Amélia Lemos (PP) e representantes de 40 entidades, também foi anunciada a criação do site http://www.agorachega.org.br, onde um cadastro permitirá às pessoas enviarem e-mails aos parlamentares defendendo, no mínimo, dois projetos: o que transforma corrupção em crime hediondo e o fim do voto secreto no Congresso.

Também na capital gaúcha, houve uma caminhada ao término do desfile de Sete de Setembro. Mobilizados pelas redes sociais da internet, centenas de manifestantes se concentraram em frente ao Monumento Açorianos e seguiram em caminhada até o Brique da Redenção, onde chegaram logo após o meio-dia. No início, eram cerca de 300 pessoas.

– Você aí parado também é explorado – gritavam os manifestantes no percurso até o Parque Farroupilha.

O chamado deu resultado: na chegada, eram cerca de mil manifestantes. Um princípio de tumulto foi registrado por alguns minutos quando

a Brigada Militar e a Polícia do Exército tentaram impedir

a passagem da marcha pela avenida porque nem todas as autoridades tinham deixado a pista ainda. Mas a confusão foi controlada e ninguém ficou ferido.

Entre as manifestações organizadas pela internet nas cidades e capitais do país, a maior foi em Brasília.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s