Afiadas presas e garras

Precisamos nos revoltar contra as cobranças exageradas, gananciosas, descabidas, à beira da ilegalidade.

Os movimentos libertários por um Brasil independente foram motivados contra os coletores de impostos de Portugal. A Inconfidência Mineira é um exemplo. Aconteceu o mesmo nos Estados Unidos. Contra os ingleses.

O Brasil aumenta os impostos para fazer caixa. O chamado déficit primário. Dinheiro reservado para pagar a dívida. Dívida jamais auditada. Para pagar obras superfaturadas do Ministério de Transportes. Serviços fantasmas na Educação. Voos de vampiros na Saúde.

Pro povo sobram patadas.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s