Dilma pode salvar o Brasil?

Brasil caro para se viverVida de Primeiro Mundo no Interior?

Falida indústria nacional

Roubam do povo para construir coliseus

“Brasil está se tornando um país caro”.

Os salários estão congelados.
Milhões de brasileiros pendurados no bolsa família. Uma esmola que não passa dos 200 reais. Um pouquinho a mais dos 100 dólares.

Salários, pensões e aposentadorias da maioria dos brasileiros também possuem um teto que escorcha, esfola e mata. 545 reais. Jamais passará dos 300 dólares.

Com essa renda familiar humilhante, de escravo, como o “interior surfa na onda do dinheiro?”

Mentira. Cresce a onda de retirantes.
Fugitivos do campo e pequenas cidades incham as capitais de favelados.
Cresce o número de exilados.
O Brasil possui, oficialmente, um milhão de emigrantes, que realizam serviços sujos e pesados nos quatro cantos do mundo. Apenas na Europa, perambulam 95 mil brasileiras prostitutas.

Sem dinheiro, o brasileiro compra até alimentos à prestação. Tanto que a indústria “vira deficitária”. E pede ajuda.

A “expansão do crédito inquieta estrangeiros”.
O Primeiro Mundo depende do pagamento da vassalagem da dívida.
Teme que o dinheiro do déficit primário seja gasto nos Coliseus da Copa do Mundo.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s