Brasil, terra das quermesses

Taí a lista dos bens do traficante Beira-Mar. Todo traficante brasileiro é pé-de-chinelo.
Como o tráfico rende bilhões, sinal de que a polícia nunca pega o poderoso chefão.

Beira=Mar, compararado com a riqueza de um ex-ministro, não fez fortuna.
Fortuna faz quem participa de leilões.
Os das estatais enriqueceram os amigos de Fernando Henrique e Lula da Silva.
Venderam quase tudo.

Os da justiça bem que desconheço o destino do apurado. Tem uma patota que vive dos leilòes. Principalmente na justiça do trabalho. É como licitação dos governos federal, estaduais e municipais, aparecem quadrilhas e mais quadrilhas para encenar os lances.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s