DÓLAR NO PARALELO

Quando Lula foi candidato contra Collor, a imprensa promoveu a propaganda marrom terrorista da baixa do dólar.

Depois de Collor, teve Itamar, Fernando Henrique (duas vezes), Lula da Silva (duas vezes), e sempre

* o medo da baixa do dólar

* o medo da alta do dólar

A economia do Brasil sempre foi este sobe e desce da moeda nossa no paralelo.

A imprensa e o ministro da Fazenda e o presidente do Banco Central realizam, em todos os dias profanos, a masturbação.

O sobe e desce.

O Meireles gostava de ver a coisa subir.

O Mantega de ver baixar.

Vai ser sempre assim:

sobe

e desce

Qual o melhor: fazer subir ou descer?

Acontece com a chuva.

Nunca chove na medida.

Publicado por

Talis Andrade

Jornalista, professor universitário, poeta (13 livros publicados)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s